BRUXA JADE FÊNIX

SOMOS CAMINHANTES DA BRUXARIA SOLITÁRIA!

A BRUXARIA É MUITO COMPLEXA.
Cheia de encantos, segredos e diferenciais.
Muito de nossa natureza humana se descobre dentro da Bruxaria...


OFÍCIO DA BRUXA JADE FÊNIX: Consultas, Fabricação de poções mágicas, perfumes e cosméticos, Ministra cursos.
Informações: veraluciamchd130668@gmail.com

SEJA BEM VINDO À MINHA CASA - MEU LAR

SOU A BRUXA JADE FÊNIX

Uma bruxa de muito conhecimento, onde firmo meu respeito a todos os mestres da MAGIA. Os segredos das BRUXAS estão dentro delas mesmas, e os registros dessa sabedoria estão nos Grimórios e Pergaminhos... Mas entre...Vasculhe...Se gostar volte sempre! BRUXA JADE FÊNIX .


quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

BRUXAS MODERNAS



As Bruxas modernas também usam minissaia ou não; fazem limpeza de pele ou não; cortam ou não cortam os cabelos e "transam numa boa", como ninguém, ou como alguém que muito sabem e que muito amam. Esta estória de verruga no nariz é uma inveja deslavada; uma invenção de quem não sabe inventar... pura maldade!



As Bruxas modernas já incorporaram a tecnologia; e do liquidificador à vassoura elétrica, os rituais se fazem de forma mais "light", mais rápida e, assim, os pedidos também chegam logo aos confins do Universo. Os conhecimentos, a cultura e a praticidade dos novos tempos não invalidam a Moderna Bruxaria, pois as leis, as tradições, os preceitos, enfim, a essência continuam inalteráveis. A eficácia dos feitiços, dos sortilégios e dos encantamentos nada sofreu.



As Bruxas são ricas interiormente. Seu conteúdo transcende a compreensão das pessoas, sejam elas intelectualizadas ou não. O importante é a sensibilidade aliada à lógica para entendê-las (menos lógica).



Idealismo na alma, paixão, amor e alegria no coração. Ah! Temos na voz a música da manhã, a sedução da tarde e a sensualidade da noite. Temos os pés e as mãos na realidade; o cérebro, os pensamentos e o próprio espírito no mundo dos sonhos, dos símbolos, da Bruxaria, da Magia, enfim. Apesar de tudo, porém, como toda mulher, ou mais que toda mulher, sofremos, choramos, curtimos, sonhamos, amamos e sabemos sorrir com uma carta de ternura, e nos encantamos com um telefonema carinhoso, e ficamos felizes ouvindo uma música bonita, um poema de amor...
Ah! As bruxas se envolvem numa paixão!..




Gostamos das flores, das estrelas, do mar... Até a poeira nos traz cheiros e lembranças do passado. Sabemos ouvir o canto do vento, do luar, da chuva... Sabemos de cor as histórias das folhas, das flores, dos trovões, do tempo. Repartimos os dias estudando, semeando bondade, dividindo ternura, plantando a paz, espalhando esperanças... Para nós, tudo tem importância, por mais insignificante que pareçam. Somos sempre solidárias e fraternas, compartilhando vivências, servindo, trabalhando, perdoando, amando... Sabemos que o caminho da Magia tem muito espinho e muita solidão. Sabemos que só nos procuram esperando consolações, "milagres", transformações. Pensam que o Universo é nosso escravo. Acham que basta desejar para o Universo conspirar a seu favor. Quanta tolice! O Universo é sábio. Logo nem sempre pode atender. É só uma frase de efeito: "Quando queremos alguma coisa sinceramente, o Universo conspira a nosso favor."



E se alguém pedir coisas cruéis?! E se alguém desejar coisas injustas?!



Bruxas do Bem, Feiticeiras esclarecidas, Fadas, Magos, refletimos muito sobre essa frase, aliás, sobre todas as coisas de todos os mundos. Deixamos as emoções fluírem sem medo e não fugimos às responsabilidades, às provas, às dificuldades... Contudo, é preciso ter cuidado para não sermos co-responsáveis pelos atos impensados dos outros. Cada um tem sua cruz, sua tarefa ou sua missão.



Gostamos de dançar a dança da terra, das águas, do fogo e até do próprio ar. Cantamos com a alvorada e choramos com a solidão, não por causa dela, e sim com ela. Falamos com as pedras, com os bichos, com as plantas, com o sol... Dizem que somos estranhas porque achamos que tanto uma criança quanto um analfabeto nos podem ensinar coisas. Não temos preconceito de espécie alguma e, geralmente, gostamos de todos ou nos esforçamos para que isso aconteça. A lua é nossa deusa e, por isso, a cultuamos. Por isso seremos estranhas?! Gostamos de brincar no sol, na chuva; de escorregar nas estrelas; de voar atrás dos Anjos tentando alcançá-los... Somos estranhas?!



Visitamos Ifá, Ogum, Iemanjá, os Gnomos, as Salamandras e até o palácio de Merlin, quando ele permite. Dizem que somos estranhas porque sempre reconhecemos nossos erros, porque sabemos cair e levantar com a mesma energia e com a mesma esperança; porque distribuímos o pão e o amor, com amor e por amor; por isso dizem que somos estranhas. Somos esquisitas porque sonhamos arriscando tudo, não temendo as pedras dos caminhos nem qualquer perigo, seja ele visível ou não, pois quase tudo nos é dado ver, perceber. acreditamos tanto no poder do feminino que, por isso, a Deusa é a nossa Grande Mãe. Só existimos por Seu Amor e por Sua Magia; a Deusa nos gerou. Somos esquisitas porque acreditamos que o passado, o presente e o futuro são luzes de cores, brilhos e intensidades diferentes, pois dependem dos pensamentos, dos sentimentos, das palavras e das ações individuais. Em tese, o tempo é único, igual, mas apenas em tese.



Somos esquisitas porque nos vestimos conforme a nossa Lua, o nosso Sol ou as nossas Nuvens; enfim, de acordo com o nosso estado de espírito. Em geral, somos requintadas e tudo em nós, mesmo quando singelo, revela finesse, sutileza, bom gosto. Somos fortes e frágeis; agitadas e tranqüilas; raramente, para nós, usamos o meio termo. Somos exóticas porque deciframos fórmulas, mistérios; fabricamos sortilégios e encantamentos com a mesma facilidade; também lidamos com a vassoura, com o caldeirão e com o micro de forma "light", correta, naturalmente. Para nós, nada é complicado.



Sabemos igualmente copiar, inventar, recriar. Contamos estórias de fadas, de animais, de anjos, de sereias e as nossas próprias estórias.



Queremos evoluir, chegar à angelitude. Somos gratas à dor, porque ela nos purifica; e agradecemos à alegria, porque ela nos faz felizes e nos ilumina. Além disso, ela nos dá a oportunidade de alegrarmos e iluminarmos o próximo.



Para nós e para os Magos, cada Lua tem uma qualidade e uma tarefa; por isso, não somos egoístas. Conforme a Lua, ensinamos o poder das ervas, dos aromas, das cores, das pedras, das flores, dos banhos, dos chás, dos incensos... Passamos a quem quiser tudo que aprendemos.



As Bruxas modernas cantam mantras, MPB, valsas, cantigas de roda, canções medievais... Somos, ao mesmo tempo, antigas e atuais. Tudo é mágico, lindo e sagrado. Por isso, sabemos valorizar até as pré-coisas, pois elas também se originam do Supremo, do Sagrado.



Freqüentamos e nos agrupamos em escolas iniciáticas para buscar conhecimentos, cultura, "sabedoria", amor e proteção.



Falam de nós há tanto tempo que o próprio tempo perdeu a conta, e, assim, nunca nos informou corretamente o início da nossa presença neste planeta e nos outros também.



Nossa fé é maior e mais antiga do que nós porque vai além e por dentro de todas as nossas existências. Estamos conscientes de que o terceiro milênio precisa de nós; assim, estamos prontas para servir e ajudar a Deusa, o Deus, a Natureza, a Humanidade.



Assim como temos a Essência Divina, temos uma Bruxa; não somos Bruxas! Estamos Bruxas!



Quanto a você, ou a vocês, sim, a quem está lendo meu texto, procure despertar sua (seu) Bruxa(o); depois, ela(e) se transformará em Maga(o), em Fada, em Anjo; e você, estando completo, será feliz!



Aprenda que a Bruxaria não é fantasmagórica, feia nem cruel. Aprenda que, em "Salem", também havia Bruxas. Há bons e maus em toda parte. O Deus consertará tudo. Assim, todos seremos sagrados, generosos, iluminados!


Autora: Clara Luz




Fonte: http://segredodebruxa.blogspot.com/2010_05_01_archive.html


Com muito carinho e respeito,

Bruxa Jade Fênix






2 comentários: